Dicas

Alergias Alimentares Tardias

Essas alergias são também conhecidas como alergias escondidas e é ai onde mora o maior perigo.

As alergias imediatas, que falamos anteriormente, podem se manifestar com alimentos assim como com substâncias. Já as tardias são bem mais conhecidas por reações a alimentos.

São alimentos agressores que podem demorar de 4 a 7 dias para aparecerem os sintomas. Por exemplo, se você tem uma enxaqueca no sábado, pode ser de algo que você comeu na segunda-feira anterior. Neste caso, jamais vais desconfiar disso, vais pensar no máximo no dia anterior, ou seja, não vais pensar da causa certa.

O problema é que como não desconfiamos do agressor certo, continuamos consumindo aquele alimentos por anos e anos, diariamente, sem nos darmos conta do mal que ele está nos causando.

Nosso organismo, por sua vez, precisa tentar se livrar deste agressor e vai se defender inflamando. É uma resposta inflamatória interna, não vemos pus em lugar nem um, e este é outro problema, pois não sabemos que estamos inflamados.

A inflamação é uma resposta do nosso organismo aos alimentos agressores e o problema é que essa inflamação inicialmente é uma defesa, ou seja, com o acumulo desse processo inflamatório, nossos órgãos começam a inflamar. A informação de inflamação vai afetando órgãos específicos e os tornando doentes.

No inicio os sinais são pequenos e não vamos percebendo a gravidade do quadro. Por exemplo, unha encravada, dores musculares e articulares, tendinites, espinhas, queda cabelo, unhas quebradiças, dores de cabeça, leve aumento de peso, cansaço, memória ruim, falta de concentração e inflamações pontuais, são uns dos sintomas iniciais.

Já quando a resposta inflamatória está muito grande, ou seja, presente no organismo há muito tempo, os sintomas são bem mais graves, tais como: obesidade, diabetes, labirintite, asma, doença pulmonar crônica, doenças cardiovasculares, infertilidade, hipotireoidismo, doenças intestinais, lupos, doenças autoimunes, câncer, alterações hormonais, fadiga adrenal e etc.

É preciso frear o avanço do quadro inflamatório o quanto antes e se possível reverter. Para isso a nutrição funcional tem várias estratégias como dietas anti-inflamatórias, suplementos nutricionais e defesa de órgãos. Fazendo tudo isso em conjunto, é possível devolver o funcionamento normal dos órgãos, restabelecendo a saúde e o bem estar geral com o desaparecimento dos sintomas tão incômodos ao dia-a-dia.

× Olá!